botao manager

Transferências Históricas: Andrea Pirlo !

A janela abriu e estamos em fase de negociações no Craque Digital!

Portanto irei trazer matérias especiais sobre as transferências históricas no mundo da bola com uma pitada humor.
Buscando curiosidades, fatos históricos, e algumas verdadeiras pérolas que foram concretizadas pelos dirigentes europeus.
Instigando, se eu tiver sorte, alguma inspiração na hora de você realizar o seus negócios com a galera no Craque.

Vamos lá!

Precisamos falar sobre o Andrea Pirlo na Inter de Milão!

 

pirloe adriano

 

Não sabia dessa? Pois é, Pirlo antes de se consagrar no rival Milan,
foi jogador do lado azul de Milão. Entenda como foi essa história.

Embora pareça esquisito para nós, em Milão já foi (e ainda é) bastante frequente a troca de
jogadores entre os próprios rivais. E foi isso que ocorreu no ano de 2001.

Christian Brocchi e Andrea Pirlo X Guly e Drazen Brncic.

Só de ler esses nomes envolvidos você já sabe que não foi um bom negócio. 

Sinceramente, Guly e Brncic Inter?

Você se lembra desses caras?

Só não confunda Guly com o Giuly que jogou no Barcelona ok?

Como se pode imaginar, os dois não tiveram grande destaque e não mostraram futebol
suficiente para terem o seus nomes lembrados pelos amantes de futebol.

Enquanto eles pouco fizeram pelos nerazzurri.  Brocchi, aquele mesmo,
volante e que hoje é técnico do próprio Milan, teve seus bons momentos vestindo vermelho e preto.
Mas é especialmente por causa de Andrea Pirlo que essa negociação se tornou uma
das maiores “furadas “ (pra não dizer outra coisa) da diretoria interista.

Além de perder um grande talento do seu time, esse talento reforça justamente o seu rival e ainda se torna um jogador vital por toda uma década.

Se arrependimento matasse hein Sr. Presidente?!!!

presida

 

 

Pirlo teve a grande oportunidade de amadurecer seu estilo de jogo no Milan,
isso porque Carlo Ancelotti estava lá para comandar.

Confira o que o próprio tem a dizer sobre o seu ex-treinador.

“Tive a sorte imensa de encontrar o Ancelotti no Milan. Ele marcou um antes e um depois na minha carreira.
Parei de jogar como segundo atacante e me transformei em um armador.
Foi ali que minha carreira realmente começou. Ancelotti é meu pai, em termos de futebol.
Ele me levou ao ápice do esporte. Ele é uma das melhores pessoas que já encontrei no futebol e um técnico soberbo, acima de tudo“.

 

 

Caso algumas coisas tivessem sido diferentes no começo de sua carreira,
Pirlo acredita que seria um ídolo nerazzurri. Especialmente se Marcelo Lippi não tivesse sido demitido em 2000.

 

“Quando o vejo, me lembro instantaneamente que, se ele tivesse permanecido
como técnico da Inter, eu provavelmente teria sido uma lenda lá”, disse Pirlo.

Com Lippi demitido, entrou Marco Tardelli nos seu lugar, que infelizmente
(ou felizmente para os milanistas) não enxergou o potencial no italiano cabeludo e logo tratou negociá-lo.

Portanto, como a história nos revela. Fique bem atento no momento do troca-troca.

Porque não investir naquele jovem promissor?

Vale a pena se desfazer do seu jovem talento?

E se ele vira um novo Pirlo?…

 

luca
Escrito pelo Repórter Digital Luca Bueno
Coxa Branca de nascença.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.