botao manager

Todo fim é, também, um novo começo. Parabéns aos novos campeões!

 

A espera acabou! E, infelizmente, a janela de transferências também. Hoje, 03.11, é o último de dia de janela de transferências, o que é para alguns um alívio e para outros um pesar. Ainda assim, acredito que todos estejam entusiasmados para o início do novo turno. O novo jogo traz consigo uma nova perspectiva para os jogadores. Aqueles que não tiveram tanto sucesso no antigo FIFA 17 rezam pela redenção na nova edição do jogo. Alguns que se consideravam “experts” no 17, agora sofrem com as mudanças defensivas e temem com o número excessivo de gols sofridos. Muita coisa mudou e o impacto das mudanças no segundo turno deve ser perceptível logo de cara.

Apesar da incerteza em relação ao reinício da competição no FIFA 18, muitos já puderam experimentar um pouco do que vão viver dentro de campo a partir de 05 de novembro. Alguns puderam apreciar o doce sabor da vitória, enquanto outros amargaram derrotas vexatórias. A segunda edição do Torneio Lendários (Andryi Schevchenko) consagrou dois campeões nas últimas semanas. O Torneio 1, composto por times das séries C, D e E, teve uma final eletrizante entre Sampdoria e Arsenal. E, talvez, esse jogo seja um dos que mais mereça destaque.

Um dos técnicos que mais procurava redenção nesse FIFA 18 era Leonardo Targino. Depois de muitas temporadas disputando a Série E, à frente do Borussia Monchëngladbach, o técnico finalmente deixou sua zona de conforto e, em uma mudança ambiciosa, assumiu o Bayer Leverkusen.

Em sua primeira temporada (meia temporada), o técnico conseguiu assegurar uma colocação honrosa na tabela, contando com a ajuda do ex-técnico Gustavo Neiva, que havia deixado o time em terceiro lugar. Em sua segunda temporada, no entanto, o técnico que agora já havia se acostumado com o elenco e montado o time à sua maneira, acabou sofrendo demais com falhas individuais e apagões coletivos que acabaram por deixar o time em uma situação delicadíssima. Com apenas 1 vitórias em 9 jogos, o técnico abandonou o Leverkusen na lanterna da Série B para assumir a Sampdoria, na terceira divisão do Craque Digital.

Apesar das incontáveis especulações e dos rumores incessantes, os motivos reais da saída do técnico ainda são desconhecidos. O que vale a pena ser destacado é que após sua breve passagem pela segunda divisão, o técnico precisa mostrar que o que aconteceu no primeiro turno foi somente um acidente de percurso.

O Torneio Lendários parecia para muitos apenas um torneio amistoso e uma possibilidade para testarem seus novos times e novos reforços contra adversários diversos, mas não para o técnico Targino. Levando o torneio muito a sério desde o início, o treinador paulistano mostrou em todas as partidas determinação e vontade de vencer e jogar bem. Na fase de grupos, concluiu os seus 6 jogos com impressionantes 5 vitórias e somente 1 empate, fazendo 16 pontos em 18 possíveis e deixando na saudade os ótimos Lyon e West Bromwich, além da super potente Juventus.

Resultado de imagem para sampdoria celebration

O mata-mata não foi diferente, muitos gols, poucos sustos e muitos adversários contrariados. As vítimas? Udinese, Sevilla e, na grande final, o Arsenal. A torcida do time italiano não podia pedir mais nada.

Fica evidente pelo desempenho no torneio amistoso que o técnico se adaptou bem ao novo jogo, no entanto, espera-se que ele consiga reproduzir o bom desempenho nesse segundo turno e que leve a Sampdoria ao título da Série C. O elenco é fortíssimo, com Immobille, Callejón e Candreva, e parece estar bem entrosado. Agora é a hora de o treinador mostrar à todos sua qualidade.

O Torneio 2, composto pelos figurões das série A e B, tecnicamente prometia ser muito bom, e foi. O embate entre os melhores times do Craque foram de encher os olhos, grandes confrontos, grandes elencos e lindos lances. O campeão foi também alguém que espera ter mais sorte nesse novo jogo. Apesar de ser reconhecidamente um ótimo jogador, o técnico Thiago Stayner, do Borussia Dortmund, ainda não atingiu o nível dos mais badalados Gabriel e Clayton (que parece estar numa descendente). As mudanças do game, porém, parecem ter dado uma nova perspectiva para o técnico fluminense.

Apesar de ter sofrido para se classificar como segundo colocado em seu grupo, o time alemão se recuperou na fase de mata-mata e garantiu o título derrubando três adversários dificílimos pelo caminho.

A revanche sobre o Fenerbahçe mostrou que o técnico Stayner não tem sangue de barata. Após duas derrotas na fase de grupos, o time alemão reagiu e garantiu a classificação para a fase posterior da competição. O caminho, entretanto, não ficava mais fácil. Depois de bater os turcos, Stayner teve que enfrentar os ingleses do Leicester, atuais campeões da Série C do Craque Digital. Campeões derrotados! Mais uma vitórias na conta do técnico “Thiti” e vaga na final.

Resultado de imagem para dortmund celebration

A final foi um episódio a parte. O Leverkusen, agora comandado pelo técnico Milton não deu sossego e brigou até o final Os jogos foram truncados e com muitos gols, mas a equipe amarela conseguiu desbancar seus conterrâneos e voltar para casa com o troféu. Um feito e tanto!

Este não foi o primeiro título do técnico Stayne no Craque Digital, mas talvez tenha sido o mais expressivo. Não pela relevância do título, mas pelo que esta conquista pode significar para o cenário do Craque como um todo. Teria o treinador Stayner atingido um novo patamar? Estaria ele pronto para disputar os maiores títulos com os melhores? Parece que sim.

Com todo fim, vem um novo começo, e espero que todos possam recomeçar sua jornada dentro das competições do Craque Digital nesse novo FIFA 18. O dois técnicos campeões da Edição Schevchenko do Torneio Lendários já estão desfrutando do recomeço. Agora é esperar para ver. Que venha o segundo turno!

 

Comments (2)

  1. Sem querer tirar o brilho da justa conquista do Leverkuesen, mas a equipe não concluiu jogos com a Juve. Importante checar a informação antes de publicar.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.