botao manager

Real faz dobradinha e Gabriel conquista o bi da Série A.

Se havia alguma dúvida de que o Gabriel iria sobrar na Temporada 7, não há uma pessoa se quer que duvide que ele vai sobrar na Temporada 8 também.

Considerado por muitos o melhor treinador do Craque Digital, Gabriel assumiu o Real Madrid e já mostrou a que veio. 1 (uma) temporada no comando. 2 (dois) títulos de expressão. 0 (zero) adversários capazes de lhe causar dores de cabeça. 1 (uma) única frustração. Esses são os reais números do técnico Gabriel no comando do Real Madrid.

CR7 levantando o Troféu da Liga.

Em sua primeira temporada, o treinador foi campeão do Campeonato Principal e da Copa de Clubes, sem tomar conhecimento de seus adversários. Apesar de ter sofrido uma ou outra derrota, o técnico Gabriel jamais deixou que isso o abalasse. Em todo jogo que entrava era favorito, e das poucas vezes que seu favoritismo não prevaleceu, somente uma lhe custou algo. A única frustração foi ter sido eliminado da UEFA Champions League pelo Bayern de Munique, mas nada que o fizesse diminuir o ritmo para o restante da temporada.

Falando em miúdos, a campanha na Liga foi extraordinária. Campeão com 4 rodadas de antecedência, o Real Madrid sobrou e fez parecer que a única disputa existente era pelo segundo lugar, uma vez que o primeiro já era dele desde antes da Temporada 7 começar.

Já na Copa Clubes, o time foi campeão invicto, despachando na final o bi-vice Liverpool, até então comandado pelo técnico Clayton. Foram 9 jogos, 9 vitórias e 24 gols marcados. O trio CBN, formado por Cristiano Ronaldo (C), Gareth Bale (B) e Neymar Jr. (N), marcou conjuntamente impressionantes 19 gols e não deixou nenhuma defesa sair ilesa.

O desempenho do ataque mais letal do Craque Digital na Copa de Clubes é só uma amostra do poder de fogo desse Real Madrid. No total, o Trio CBN anotou 70 gols em todas as competições. 70! SETENTA!

Bale foi o artilheiro do Madrid com 28 gols.

Depois de uma Temporada dessas, fica até difícil de escrever algo de novo sobre o técnico Gabriel e esse time do Real Madrid. A verdade é que tanto os números, quanto os depoimentos das vítimas, deixam claro que o Real Madrid é “O” time a ser batido. A dúvida é: Quem será capaz de fazê-lo?

O técnico Gabriel preferiu não conceder entrevista e fica claro o porquê. Nesse Real Madrid o elenco fala por si e o técnico só fala jogando.

 

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.