botao manager

Guia Série E

Demorou mas chegou, finalmente está pronto o tão aguardado guia da série E.

 

Na última temporada: 5° colocado
Objetivo: Briga pelo título
Técnico: Léo Targino
Destaque: Willian José

Menino Willy é um artilheiro nato. Muito prestigiado pela torcida e pelo treinador que tem orgulho de ver o brazuca vestindo a camisa 9.

Fique de olho: James Milner

O lateral/volante/meia é o motor do time. O faz-tudo inglês joga em todos os setores do campo, e é sempre elogiado pela sua disposição e entrega pro time.
Principais chegadas: W. José, N. Semedo (empréstimo), Camacho (empréstimo).
Principais saídas: Dzeko (empréstimo), Castillejo (empréstimo), D. Baselli.
Time-base: Hitz; Semedo, Murillo, Jantchke, Wendt; Bradley, Camacho, Milner, A. Ayew, Castillo; W. José.

Targino segue no comando do Borussia “Negro”. Surpreendendo muita gente na qualidade do futebol apresentado nos amistosos, o técnico implementou um estilo mais agressivo em seu time, sem medo de chegar na porrada forte nas divididas com carrinhos. Com um novo matador no comando do ataque, podemos esperar o time alemão brigando pelo topo.

Na última temporada: 7° colocado
Objetivo: Permanência
Técnico: Rafael Guth
Destaque: Quincy Promes 

O holandês Promes é cara da correria. Com alegria nas pernas, seu jogo é totalmente ofensivo, e por isso, o jovem leva alguns puxões de orelha por não voltar para marcar.

 

Fique de olho: Davy Klaassen

Outro holândes no elenco, Klaassen é o cara que trabalha a bola no meio, aparecendo pros zagueiros para fazer a saída, e na frente pra dar opções da passes e chutes e longe.
Principais chegadas: Klaassen, Promes, Kampl (empréstimo).
Principais saídas: Rabiot, .
Time-base: Akinfeev; Zeegelaar, Cabral, Kolodziejack, Dalbert; O. ALonso, Kampl, Klaassen, Promes; F. Torres, Origi.

Rafael Guth segue no comando do time russo. Com boas contratações, o técnico conseguiu melhorar bem seu elenco, resta agora o treinador focar bem nos treinamentos, e extrair aquele algo a mais de seus comandados para fazer uma temporada melhor do que foi na passada. A sempre inflamada torcida russa, exige ver mais do seu time.

Na última temporada: 4° colocado
Objetivo: Briga pelo título
Técnico: Lucas Filardi
Destaque: Ciro Immobile 

Immobile além de muito belo, é artilheiro. É bem verdade que já passou por longos períodos na carreira sem ir as redes, mas no time alemão, Ciro está conseguindo manter a boa fase.

Fique de olho: Kasper Schmeichel 

O goleirão é a grande muralha do time. Seguro nas defesas, também é muito bom na saída de bola para ligar rápido o contra-ataque.
Principais chegadas: Schmeichel, Visca, Marcos Alonso (empréstimo).
Principais saídas: Rui Patrício.
Time-base: Schmeichel; Mário Fernandes, Sidnei, Jemerson, M. Alonso; Mamaev, Milinkovic-Savic, Talisca; Visca, Pedros Santos, Immobile.

Hoffenheim possui uma certa tradição de revelar bons técnicos. Lucas é mais um bom treinador que surge no time alemão. Chamando atenção nos amistosos, e principalmente pelo bom início nesta série E, podemos esperar o time brigando pela conquista. Mesmo com um elenco limitado, o trabalho do treinador tem entusiasmado a torcida e já se fala em bônus aos jogadores em caso de título pra manter os meninos focados.

selo-z4

Na última temporada: 10° colocado série D
Objetivo: Fugir do Rebaixamento
Técnico: Villar
Destaque: Mathieu Valbuena

O baixinho de apenas 1,67 de altura é o cara mais habilidoso do meio campo. Com boas apresentações, o francês explica o porque de outrora figurar entre os selecionáveis da seleção principal.

Fique de olho: Ricardo Quaresma

Quaresma já está com 32 aninhos, mas seu futebol é de muleque travesso. Sempre abusado nos seus dribles 5 estrelas, o portuga deixa os zagueiros com o estômago embrulhado. O ponta também adora meter uma trivela na bola, sendo um especialista no assunto.
Principais chegadas: Viviano.
Principais saídas: K. Boateng.
Time-base: Viviano; Dja Djédjé, Reid, Semedo, Boka; Beñat, Baselli, Valbuena; Quaresma, Elia, Batshuayi.

General Villar não vem de boas campanhas ao longo do Craque Digital. Mais um vez o técnico terá que suar e exigir disciplina de seus comandados para vencer cada guerra jogo e buscar um alívio. Tarefa não será nada fácil.

selo-z4

Na última temporada: 9° colocado série D
Objetivo: Permanência
Técnico: *
Destaque: Raúl Bobadilla 

O paraguaio já fez fama nas temporadas passadas. Bobadilla toca o terror nas divisões mais baixas.

Fique de olho: Guillermo Ochoa

O goleirão mexicano Ochoa, aquele mesmo da Copa de 2014, segue fazendo suas defesas de puro reflexo, agora pelo PSV.
Principais chegadas: K. Boateng, P. Alcácer (empréstimo), Quintero (empréstimo), Gerso (empréstimo), Bobadilla, Wass.
Principais saídas: Lodeiro.
Time-base: Ochoa; Sagna, Bruma, Moreno; Wass, Propper, Arias, Gerso; Narsingh, Quintero, Bobadilla.

Piu acaba de deixar o comando técnico, agora o PSV corre contra o tempo em busca de um comandante para deixar o time de volta nos trilhos.

selo-z4

Na última temporada: 8° colocado
Objetivo: Fugir do Rebaixamento
Técnico: Osvaldo
Destaque: Adem Ljajíc

Ljajíc é a grande referência técnica do time. Habilidoso com seus dribles, sempre está em busca de espaço para finalizar.

Fique de olho: Edin Dzeko 

Muitas vezes criticado por perder gols feitos ou ficar constantemente impedido, Dzeko ainda cala os críticos com uma boa média de gols. Com 30 anos, é o jogador-alvo no centro de ataque.
Principais chegadas: Dzeko (empréstimo), Joãozinho (empréstimo).
Principais saídas: *
Time-base: Carrasco; Gabriel Paulista, D. Reyes, M. Gonzalez, B. Davies; M´Villa, Illaramendi, Canales; Ljajic, A. Young, Dzeko.

Osvaldo comanda a Real Sociedad. Em viagem, o clube sofre muito com a falta de tempo para treinar, fator que pode pesar negativamente na campanha dos espanhóis.

Na última temporada: 10° colocado
Objetivo: Classificação competição europeia.
Técnico: Bruno Fioti.
Destaque: Victor Wanyama 

Wanyama é a definição pura de volantaço. Este negro maravilhoso rouba a bola só de chegar perto dos adversários, uma simples olhada com cara feia amedronta os meias e atacantes.

Fique de olho: Daniel Podence

Provavelmente você nunca ouviu falar deste menino, mas não se sinta mal, nem mesmo o sofifa possui foto do rapaz! Daniel é um ponta português extremamente rápido e driblador, com poucos jogos já foi ganhando o prestígio da torcida.
Principais chegadas: Castillejo (empréstimo), C. Aranguiz (empréstimo), D. Sanchez (empréstimo), Sommer (empréstimo).
Principais saídas: Consigli (empréstimo), Moukandjo (empréstimo), Fernando Reges (empréstimo).
Time-base: Sommer; Cédric, D. Sánchez, Fonte, Bertrand; Wanyama, Elm, Holtby; Podence, Dyer, Paloschi.

Southampton demorou para contratar um treinador para a nova temporada, Bruno Fioti assumiu quase que as pressas e tratou logo de reforçar o time. Na base dos negócios por empréstimo, foram chegando bons jogadores no time inglês. Porém ao final do turno o técnico não terá vida fácil, vai precisar arregaçar as mangas para conseguir renovar os empréstimos de seus meninos, o que pode ser um grande risco se tratando de um campeonato longo.

Na última temporada: 6° colocado.
Objetivo: Permanência.
Técnico: Caio.
Destaque: Atiba Hutchinson

Mais um negro maravilhoso, o canadense Atiba de quase 1,90 m de altura e de 33 anos, toma conta do meio campo da Udinese. Correndo o campo inteiro, marcando, dando o ritmo e aparecendo na frente com um fôlego de dar inveja a muitos jovens.

Fique de olho: Andrea Belotti 

Um dos atacantes mais promissores da atualidade, Belotti é sinônimo de bola na rede. Com excelente movimentação dentro da área, o italiano sempre capricha nas finalizações. Bastante valioso, o jogador começa a atrair atenção dos times de elite.
Principais chegadas: Oscar (empréstimo), Acerbi, Abdennour, Rudy, Allen.
Principais saídas: Forsberg, Chambers (empréstimo), Hoger (empréstimo).
Time-base: Sportiello; Abate, Acerbi, Abdennour, Antunes; McCarthy, Hutchinson, Oscar; L. Vazquez, Vitolo, Belotti.

Caio segue no comando da Udinese. Com uma campanha nada além de modesta na temporada passada, o treinador foi atrás de parceiros e fechou com grandes clubes em busca de reforços. Quase um clube-satélite, a Udinese recebeu vários bons jogadores nessa relação, oriundos principalmente da Juventus. Agora o trabalho será dar um padrão de jogo pra o time e superar o próprio histórico.

Na última temporada: 3° colocado.
Objetivo: Classificação competição europeia.
Técnico: Carlos Franco.
Destaque: Sofiane Boufal

Rápido e liso, Boufal é o cara que parte pra cima, rabiscador com seus dribles 5 estrelas.

Fique de olho: Alex Telles 

O lateral brasileiro tem se destacado bastante. Rápido, eficiente nos cruzamentos e responsável na marcação, Alex impõe respeito.
Principais chegadas: Arnautovic (empréstimo), Sarabia, Imbula, Dzagoev, N. Fernandez, Boufal.
Principais saídas: Cabaye, Rudiger, Maksimovic, Pléa (empréstimo).
Time-base: Marchetti; Jallet, N. Fernandez, Brooks, Alex Telles; Dzagoev, Imbula, P. Hernandez; Thauvin, Boufal, Doumbia.

Carlos por pouco não subiu na temporada passada, acabou em 3°. O bom futebol agradou a diretoria que tratou logo de renovar com o treinador. Com um pouco mais de investimento nesta janela, principalmente no leilão e em scouts, o Stoke City vem mais forte e maduro para brigar pelo acesso, se caprichar bem, quem sabe o título.

Na última temporada: 9° colocado.
Objetivo: Permanência.
Técnico: Ruan Bisonho.
Destaque: Iker Casillas

O goleiro multi campeão pelo Real Madrid, é o grande nome do Villareal. Além da qualidade embaixo das traves, a voz da experiência pesa no vestiário.

Fique de olho: Mathias Ginter

Ginter é um verdadeiro coringa. O que precisar ele faz. Ajudando na zaga, na volância, ou na lateral, o alemão mostra seu valor.
Principais chegadas: Casillas (empréstimo), Ginter (empréstimo), Sahin (empréstimo).

Principais saídas: Sansone.
Time-base: Casillas; Ginter, Wimmer, V. Garcia, T. Hernandez; Delph, Sahin, A. Horta, Schopf; E. Vargas, D. Ings.

Foi difícil encontrar o técnico Bisonho para a reportgaem. Sem base para uma análise mais apurada, o que podemos afirmar é que o Villareal tem boas relações com o Manchester United, e foi de lá que trouxe seus reforços por empréstimo. Seu desempenho dentro de campo, é uma grade incógnita.

 

Jornalismo Craque Digital – Luca Bueno

logo_lft2

Comments (2)

  1. DihGamer_Reborn

    ficou show o guia

  2. Clube satélite não. Co-irmão da Juventus. Parceria que não acabará

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.