botao manager

Guia Série C

Na última temporada: 6° colocado na série C.
Objetivo: Classificação competição europeia
Técnico: Gui Molledo.
Destaque: Jorginho 
Fique de olho: Jetro Willems 
Principais chegadas: Sakho, Suso, Dendoncker, Campbell (empréstimo), Talisca (empréstimo), Dzeko (empréstimo), Basta (empréstimo).
Principais saídas: Modeste, Malli, Maksimovic, Mpoku, Bruno (empréstimo), H. Herrera (empréstimo).

Time-base: 

Gui Molledo segue novamente no comando do clube mais tradicional da Holanda. Bastante conhecido pelo seu estilo de jogo baseado na posse de bola, o treinador vem aprimorando suas táticas temporada após temporada. Na maioria de seus confrontos é comum chegar a 65% , 70% de posse de bola. Esse estilo tão forte  irrita pra caralho os adversários pela dificuldade de roubar a bola e atacar, o que faz do Ajax um time que sofre poucos gols no campeonato. Porém os holandeses ainda sofrem para traduzir esse domínio da posse em chances reais de gols.

 

selo-z4

Na última temporada: 8° colocado série C.
Objetivo: Fugir do rebaixamento
Técnico: Rafael Marozel
Destaque: Radamel Falcão García
Fique de olho: Denis Suárez 
Principais chegadas: Raffael
Principais saídas: Brozovic
Time-base: 

Rafael segue sem brilhar desde que chegou ao Craque. Na ultima temporada teve que lutar muito para manter o clube na série C. O retrospecto nada favorável e a falta de grandes reforços na janela, apontam para mais uma temporada sofrida para os bascos.

 

selo-z4

Na última temporada: 9° colocado (Série B)
Objetivo: Fugir do rebaixamento.
Técnico: Mattheus
Destaque: João Moutinho 

Fique de olho: Fernando Torres 
Principais chegadas: Fernando Torres, João Moutinho, Masuaku, Pjaca (empréstimo), Trippier (empréstimo).

Principais saídas: Doumbia, Blind, Sow.

Time-base: 

Mattheus vem para sua temporada de estréia no Craque Digital, e começa logo com uma difícil missão. A série C estará muito disputada e o elenco do Everton segue carente de peças mais valiosas. Moutinho e Torres, que chegaram nos últimos momentos da janela, são as peças chaves para buscar a permanência do Everton.

 

Última temporada: 1º colocado (Série D)

Objetivo: Briga pelo título.

Técnico: Lucas Ramos

Destaque: Thomas Lemar 

 

Fique de olho: Patrick Schick

Principais chegadas: Bruno (empréstimo), Schweinsteiger (empréstimo), Kalinic, Podolski (empréstimo), I. Martinez.
Principais saídas: Mbappe (empréstimo), Rojo, Dzeko (empréstimo).

Time base: 

Lucas Ramos pode se orgulhar de sua trajetória no Leicester. Mais idolatrado do que Ranieri. Após o título da série E, o treinador deixou o cargo e se afastou do Craque por um breve período. Voltou mais aprimorado que antes e logo de cara já conquistou a série D. Famoso por apreciar jovens meninos, no bom sentido claro, Lucas implementou em seu clube uma rede de olheiros de dar inveja a qualquer um. Sempre atento ao mercado, o Leicester é referência absoluta quando o assunto é scouts. Contratando TODOS os jovens talentos dessa maneira, e assim conseguindo bons jogadores de forma barata, que em pouco tempo já começaram a receber propostas milionárias. Lemar e Mbappé são os 2 grandes exemplos dessa gestão. Para a disputa da série C, o treinador resolveu equilibrar a média de idade da equipe. Trouxe jogadores acima dos 30 anos por empréstimo para dar mais experiência para o elenco, conseguindo assim dosar a ousadia dos adolescentes, com a cadência dos idosos.

Na última temporada: 3° colocado série C

Objetivo: Classificação competição europeia.
Técnico: Bokinha
Destaque: Wayne Rooney
Fique de olho: Marcus Rashford 
Principais chegadas: Muller, Fernandinho (empréstimo).
Principais saídas: Mata.
Time-base: 

Após assumir o clube recém rebaixado, em crise constante e a torcida completamente devastada. Bokinha conseguiu colocar o poderoso Manchester United de volta aos eixos. Com uma campanha muito sólida na última série C, a reformulação do maior vencedor inglês está acontecendo como esperado. Os diabos vermelhos voltam a disputar a Champions League nessa temporada após muito tempo, e aparecem como fortes candidatos na briga pelo acesso. A evolução do treinador é nítida e o desafio agora é manter a pegada para alcançar as metas do pôjeto.

Na última temporada: 5° colocado série C
Objetivo: Permanência.
Técnico: Carlos
Destaque: Brahimi  

Fique de olho: Jérémy Ménez 
Principais chegadas: Diego Bounnanotte.
Principais saídas: Não houve.
Time-base: 

Carlos é um treinador com perfil mais pacato. Geralmente evita a imprensa e não costuma realizar grandes negócios. Em sua primeira temporada com o Porto, seu desempenho surpreendeu. Conseguiu grandes resultados e classificou o time para Euro League. Porém a falta de reforços para o elenco não transmite muita confiança para o time buscar algo maior.

Na última temporada: 4° posição série C.
Objetivo: Briga pelo título.
Técnico: Jota.
Destaque: Buffon 

Fique de olho: Felipe Anderson
Principais chegadas: Bellerin, Promes, Felipe Anderson, Mané (empréstimo).
Principais saídas: Nainggolan, Giovinco (empréstimo), Musacchio (empréstimo).
Time-base: 

A Roma sofreu durante o final da temporada passada. Perdeu o seu treinador e símbolo do Craque: Dahniel. Para preencher o cargo, os engravatados de Roma apostaram no promissor técnico Jota, vindo de um excelente trabalho realizado no Besiktas. O treinador classificou o clube para a disputa da Euro League e facilmente conquistou a confiança da torcida. Porém acabou jogando todo seu prestígio no lixo ao negociar o jogador inegociável, ao se desfazer do insubstituível, ao realizar o inimaginável, ao cometer o único erro imperdoável… Negociou o ídolo maior que Totti, Radja Naiggolan. Após a polêmica transação, o clube estava pegando fogo! Mulheres, homens e crianças choravam ao ler a notícia, inúmeros protestos aconteceram no estádio Olímpico, a torcida não compareceu aos amistosos de pré-temporada, houve pichações no CT, os jornais da capital só falavam disso por semanas.  A torcida pediu a cabeça do técnico, mas a diretoria comprou a briga e garantiu o treinador para a nova temporada. Cabe agora ao Jota trabalhar o emocional da equipe, garantir que os seus reforços joguem tudo aquilo pelo o que foram contratados, e reconquistar a confiança da magoada torcida romanista para assim calar os críticos e obter os bons resultados.

Na última temporada: 2° colocado série D
Objetivo: Classificação competição europeia.
Técnico: Teteu da Luz
Destaque: Thiago 

Fique de olho: Sterling 
Principais chegadas: Desconhecido.
Principais saídas: Desconhecido.

Time-base: 

Teteu vem pra sua terceira temporada no Sevilla. O time espanhol garantiu o acesso na série D e agora vem embalado para disputa da série C. Com um elenco muito qualificado, sobra técnica aos jogadores para decidir jogos difíceis. Sempre cobiçado nas janelas de transferências, Teteu conseguiu manter suas joias em casa, e em treino a treino vem tentando encontrar a formula ideal para o sucesso.

Na última temporada: 10° colocado (série B).
Objetivo: Permanência.
Técnico: Iago
Destaque: Iniesta 

 

Fique de olho: Steve Mandanda 
Principais chegadas: Schurrle, Vainqueur, Giroud.
Principais saídas: Coquelin, Joãozinho.
Time-base: 

O Shakhtar sofreu muito na última temporada. Com o ex-treinador abandonando o cargo ainda no 1° turno, os ucranianos não encontraram um substituto e continuaram sem comando pelo restante da temporada. O rebaixamento era apenas questão de tempo. Iago foi contratado para a nova temporada após boa campanha no Benfica, e agora terá muito trabalho para reerguer a auto-estima do clube. Iniesta e David Silva são os dois pilares do time em busca de tempos mais calmos em Donetsk.

Na última temporada: 7° colocado série C.
Objetivo: Permanência.
Técnico: Piu
Destaque: Ilkay Gundogan 

Fique de olho: Kamil Glik 
Principais chegadas: Gameiro, Quaresma, Bender, Gundogan, Consigli, Giuliano (empréstimo).
Principais saídas: Seri, Sanson, Jonas, Rulli, Lindelof, Mendy, Witsel, Dzeko, Totti (empréstimo).
Time-base: 

Piu assumiu o Wolfsburg no final da temporada passada. Com pouco tempo para trabalhar não classificou o time para a Euro, mas manteve o time na série C sem maiores sustos. Em sua primeira janela, reformulou o time quase que por completo. Quaresma foi a grande estrela dos lobos e foi contratado com uma única missão: DIBRAR. Preenchendo uma grande carência do elenco. Com um pacotão de jogadores novos, Piu terá que encontrar o entrosamento rápido para entrar no ritmo da competição.

 

Jornalismo Craque Digital – Luca Bueno

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.