botao manager

É CAMPEÃO! LAZIO VENCE A SÉRIE A!

A Lazio traz em seu escudo uma característica, um ideal enraizado na origem do clube que representa sucesso no esporte. O azul e branco que tão bem veste os uniformes da equipe italiana, é em referência a Grécia, criadora das olimpíadas. A águia dourada, que foi o símbolo do poderoso império romano, está no topo do escudo, como se estivesse carregando a equipe para voos mais altos, não importa o quão feia é a tempestade.

Lazio segue voando cada vez mais alto, temporada após temporada.

E é isso que vemos nessa equipe, um time surpreendente, forte, destemido e letal.

Dono do melhor ataque com incríveis 42 gols, e empatado com o PSG com a melhor defesa sofrendo apenas 19 gols em 18 jogos. Não há dúvidas que o troféu está em boas mãos.

Antonio Rudiger foi o pilar da defesa.
Gonzalo Castro o motorzinho.
Barkley foi o camisa 10. Criativo no meio e decisivo na pequena área, se consagrando como artilheiro da equipe com 11 gols.
Vela foi a válvula de escape no ataque, sempre contribuindo com sua velocidade e dribles.

Após a conquista do título da série A e a iminente saída do técnico Pep Gabriel na temporada passada, a torcida da Lazio viveu momentos de extrema felicidade pelo presente, e ao mesmo tempo, de desconfiança pelo futuro. Ciente de que seu elenco não era dos mais fortes da competição, e há quem diga que na verdade é muito longe disso, a diretoria teve que ser esperta para trabalhar com o orçamento baixo. Sem moedas para formar um time estrelado, os engravatados de Roma concentraram todos os seus esforços para encontrar um comandante de qualidade. Acabando por anunciar a contratação do promissor técnico Diego Cone, que vinha de trabalhos interessantes no Benfica (eliminado na fase Quartas de finas da Copa Clubes) e Zenit (onde recuperou o clube do rebaixamento dado como certo na série D).

A aposta não poderia ser mais certeira. O título mais uma vez é dos Biancocelestis!

Em entrevista coletiva, fica bastante claro a personalidade forte do técnico campeão:

Gostaria que você relembrasse um pouco sobre qual foi a meta traçada no início dos trabalhos. Você assumiu um time em festa pelo título da A, porém com elenco limitado, e o qual a diretoria deixou claro que não faria muitos investimentos para reforçar. Qual foi pôjeto?

Bem… O projeto desde o início era ganhar títulos grandes e brigar pelos outros. Quando eu assumi a Lazio os jogadores não me agradaram muito, mas a obrigação de título continuava após o Gabriel ter ganho a série A.

No comando de outros times você acabou ganhando uma fama de certa forma negativa. Muitos o consideram como um falastrão. Isso cria uma pressão maior para conquistar bons resultados, até pelo fato de expor suas qualidades para todos? Ou não liga muito pra isso, e encara mais como uma cobrança interna?

Não considero como uma “fama negativa``, como eu já disse, apenas sei da minha capacidade no FIFA, e se isso é um problema para alguns, eu realmente não ligo. Fiquei muito desapontado pela minha campanha no Benfica, poderia ter ido muito melhor na liga, quanto na própria copa. E sobre a segunda pergunta, eu ligo para os dois na verdade. É bom calar algumas bocas, mas eu também me cobro muito para ter o desempenho que prometi.

E qual será o seu futuro? A torcida e o próprio elenco tem muito apreço por você e torcem por uma renovação. A capital italiana será sua casa por mais uma temporada?

Meu futuro é indefinido, porque apesar de ter ganho a primeira divisão, título que só eu e mais duas pessoas possuem, no ranking de reputação eu ainda estou atrás de muita gente que nunca ganhou p*rr@ nenhuma, e só está bem no ranking por estar desde o começo. Por isso não posso afirmar com certeza qual clube assumirei, mas é provável que eu acabe saindo da Lazio. 

Então caso você deixe a Lazio, irá atrás de seus meninos?

Criei um carinho enorme pela equipe e pelos jogadores, e por isso eu vou querer sim trazer alguns nomes do time campeão pro meu próximo elenco.

E agora qual será seu objetivo? Muitos times acabam estagnando após conquistar um título importante. A sua gana de vencedor permanece acessa? Veremos o Cone disputando campeonatos com sede de títulos sempre?

Meu objetivo é continuar lutando por todos os títulos possíveis. Ainda tenho muita coisa para conquistar e provar pra mim mesmo aqui no Craque. Podem me esperar disputando tudo com muita energia na próxima temporada.

Alguma mensagem final?

Gostaria de aproveitar esse espaço para agradecer o pessoal da infame gangue da fraldinha, também conhecida como Mantas Digitais, onde fiz muitos amigos e os quais me apoiaram e me ajudaram a treinar a temporada toda.

 

E agora a torcida vive uma espécie de déjà-vu (reação psicológica da transmissão de ideias de que já se esteve naquele lugar antes).

Time campeão + técnico vencedor de saída + elenco razoável = futuro incerto.

Qual será o rumo da águia na temporada que se aproxima?

 

Jornalismo Craque Digital – Luca Bueno 

 

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.