botao manager

Cientistas comprovam: Tá tendo muito gol bicho!

Dia 05/11 iniciamos o tão esperado returno. Após um longo período de férias, torneios amistosos e muitos negócios, os times entraram com energia de sobra no FIFA 18, especialmente os artilheiros.

Algo que vem tirando o sono dos zagueiros e goleiros é a quantidade absurda de gols por partida. Nunca antes na história desse país vimos uma média tão alta de gols no Craque Digital.

Bastante intrigado com essa situação, fui atrás de estudiosos do futebol virtual para entender o que está acontecendo. Para se ter uma noção mais clara desse fenômeno, vamos olhar para o 1° turno e realizar uma simples comparação:

Nas 2 primeiras rodadas da série B, tivemos 25 gols marcados – média de 2,50 gols por partida. FIFA 17.

Já pelo returno nas 2 primeiras rodadas pela mesma série B, tivemos 54 gols marcados – média de 6 gols por partida (Lembrando que um jogo ainda não foi realizado, ou seja, essa média ainda pode subir!) FIFA 18.

Olhando para alguns resultados nas 5 divisões, com muita frequência encontra-se placares absurdos.

9×4 – 7×3 – 6×2 – 7×1 – 4×3 – 5×1.

Não há dúvidas que a estatística é assustadora!

Resultado de imagem para looney tunes football
Pobre Patolino não aguenta mais buscar a bola no fundo das redes.
Resultado de imagem para alex muralha
Eu sei Muralha. Tá foda mano.

Cientistas creditam essa anormalidade na conta do próprio jogo.

Cada mudança de FIFA sempre traz algumas alterações, mas nunca vimos algo tão expressivo quanto o que estamos presenciando agora no FIFA 18. Os zagueiros perderam força no combate mano a mano, os goleiros não passam segurança, e os atacantes e meias possuem muitas facilidades para encontrar espaço e bater em gol.

Declara Dr. Ferguson, professor renomado de Harvard, especialista em análise de desempenho e naturalidade do movimento do camisa 9.

O professor ainda expõe um dos principais fatores responsáveis pela alta quantidade de gols:

É nítido que há uma espécie de glitch na saída de bola. O time adversário não tem poder de reação, a marcação é espaçada e cheia de buracos, quando os volantes se aproximam para desarmar já é tarde demais, quem sai feliz são os atacantes.

Os clubes estão vivendo momentos extremos, desde de a derrota mais vexatória, a maior goleada na história recente do clube em uma diferença de apenas 2 rodadas. Não é raro (muito pelo contrário) ver um time ser goleado de forma impiedosa hoje e na rodada seguinte viver dias de glória e aplicar o mesmo veneno em outra vítima.

Essa oscilação 8 ou 80 dos setores de ataque e defesa,e os resultados expressivos estão causando um problema sério no comportamento do torcedor. Os reflexos dessa nova onda de placares altos ainda precisa ser estudada com mais profundidade, mas numa análise simples e crua, podemos constatar que as grandes vitórias logo são esquecidas, mas a dor e a vergonha das derrotas pesadas não cicatrizam  tão facilmente e a cobrança pode ser insuportável.

Isso é ridículo! Os caras estão de sacanagem, vai tom@ n* c#! Olha isso!! A sensação que fica é que o time simplesmente congela, e o time dos caras entram fácil pra fazer o gol. É nojento!

Opinião de um dos integrantes da torcida organizada do Fenerbahçe que não quis se identificar, após goleada massacrante sofrida pelo seu time de 0x7 pro Leicester.

Resultado de imagem para briga torcida fener
Torcida do Fener invade o campo transtornada após a maior derrota do clube no Craque Digital.

Infelizmente não temos como prever onde isso vai parar, se é que eventualmente vai parar. Pode ocorrer atualizações no FIFA de modo a reduzir a força dos ataques, mas a essa altura, me parece muito pouco provável que isso vai de fato acontecer.

Portanto, treine incansavelmente para encontrar a melhor forma de se defender.

Boa sorte aos seus zagueiros e goleiros, pois eles vão precisar.

Abaixo compartilho com vocês a oração que Sommer, goleiro do meu Benfica, realiza antes dos jogos valendo.

Pai Nosso que estais nos gramados,
Protegida seja a nossa meta,
Venha nos a segurança na área,
seja feita a melhor defesa
Assim no pênalti como no escanteio.
A vitória nossa de cada dia nos dai hoje,
Perdoai as nossa falhas
assim como nos perdoamos os zagueiros
que erram
e não nos deixais sofrer nenhuma lesões,
Mais livrai-nos do frango.
Amem.

 

Jornalismo Craque Digital – Luca Bueno

 

 

 

 

Comments (1)

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.